ARTIGOS

EUA e Europa abordam o transbordo de produtos ilícitos para a saúde

Medicamentos ilegais
Esta iniciativa visa impedir as organizações criminosas de executarem as suas atividades ilegais em todos os portos da União Europa e dos EUA.

Os EUA e a UE estão a combinar esforços e a implementar novas medidas para combater o transbordo de produtos ilícitos para a saúde. Ambos estão a tentar coordenar as atividades das autoridades especializadas para impedir o número crescente de medicamentos ilícitos que atualmente chegam aos EUA.

Os medicamentos que tratam diferentes tipos de doenças são contrafeitos, expedidos do seu país de origem, e transbordados ao longo da viagem.

Os agentes criminosos efetuam o transbordo de produtos de saúde ilícitos nos países da UE, “reiniciando” a viagem destes medicamentos, que parecem ser exportados da Europa. A identificação do verdadeiro fabricante destes produtos contrafeitos, que são frequentemente mal etiquetados, adquiridos a fontes não certificadas, e transportados em condições de armazenamento ilegal, torna-se árdua.

Esta iniciativa visa impedir as organizações criminosas de executar as suas atividades ilegais em todos os portos da Europa e dos EUA.

O conteúdo desta informação não constitui aconselhamento jurídico e não deve ser invocado nesse sentido. Aconselhamento específico deve ser procurado sobre as circunstâncias concretas do caso. Se tiver alguma dúvida sobre uma questão de direito Português, não hesite em contactar-nos.

autores
Ricardo Macedo lawyer
João Meireles lawyer
ÁREA DE PRÁTICA
PARTILHAR
ÁREA DE PRÁTICA
PARTILHAR
AUTORES

Contacto